“Fila de cirurgias eletivas só vai andar quando resolver forma de contratação dos serviços”

0
205

Estima-se que há cerca de 130 mil pessoas aguardando na fila por cirurgias eletivas em Santa Catarina

O deputado Neodi Saretta (PT) , que também é presidente da Comissão de Saúde da Alesc, disse nesta terça-feira (22) na tribuna da Assembleia Legislativa que uma das grandes preocupações em relação à saúde em Santa Catarina é resolver questão das filas de cirurgias eletivas. Ele relatou que este foi um dos principais assuntos abordados durante reuniões realizadas em municípios do Meio Oeste.

Para ele, o problema da fila é histórico e só será terá solução quando for rediscutida a forma de contratação dos serviços. “A fila só vai andar, de fato, quando tiver uma rediscussão da forma de contratação dos serviços, para que os prestadores possam disponibilizar mais cirurgias”, sugere o parlamentar.

Conforme o deputado, é preciso rever o valor pago aos prestadores, pois há casos que não cobrem nem o custo hospitalar. “Não dá para uma cirurgia que tem o custo de R$ 2 mil repassar ao prestador de serviço apenas R$ 400. Isso não paga nem o custo hospitalar.” Saretta disse ainda que esse foi um dos temas debatidos durante a reunião que ele participou em Treze Tílias, promovida pela União de Vereadores do Meio Oeste Catarinense (Uvemoc), e que teve a participação de prefeitos, vereadores e hospitais da região.

Para Saretta, a morosidade no andamento da fila não tem a ver com falta de recursos, já que “neste momento os cofres estão recheados, mas, sim com as questões relacionadas à contratação de serviços.” Estima-se que há cerca de 130 mil pessoas aguardando na fila por cirurgias eletivas em Santa Catarina.

Susana Rigo
Assessoria de Imprensa do deputado Neodi Saretta
Email: imprensasaretta@gmail.com
Fone: (48) 3221 2664
Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina – Palácio Barriga Verde – Rua Doutor Jorge Luz Fontes, 310

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui