Hoje News

Paulinha reafirma posicionamento sobre projeto da vacina e prega respeito e democracia

Ainda rende o caloroso debate travado no Plenário da Assembleia Legislativa de Santa Catarina a respeito do projeto de lei (PL) do deputado Jessé Lopes (PSL) que tratava da obrigatoriedade da vacinação contra a Covid-19 no estado, na sessão da tarde desta terça-feira (22).

A deputada Paulinha (sem partido) defendeu o arquivamento do projeto e deixou claro o seu posicionamento novamente em suas redes sociais ao comentar que a palavra de ordem é liberdade e respeito à democracia.

“Quem exige para si tem que aprender a respeitar a escolha do próximo também. É a premissa da democracia, que não podemos abrir mão de jeito nenhum”, disse a parlamentar, que ao defender o seu posicionamento em Plenário afirmou que não existe obrigatoriedade do passaporte vacinal. “Não podemos, de outra sorte, outro cidadão, que tem seu comércio, ser obrigado a receber pessoas que divirjam da sua opinião.”

Com parecer contrário da CCJ, o PL 362/2020, que dispunha sobre a proibição da vacinação compulsória contra a Covid-19, com vacina desprovida de comprovação científica reconhecida pelo Ministério da Saúde e certificada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em Santa Catarina, será arquivado.

Valquiria Guimarães
Assessoria de Comunicação
Deputada Paulinha
048991047676

Sair da versão mobile